A certificação de Potência Sonora passou a ser compulsória em agosto de 2012.

1. Objetivos da certificação de Potência Sonora

Parte do Programa do Silêncio, a certificação de Potência Sonora foi criada para preservar e proteger os consumidores contra a poluição sonora, identificada também em aparelhos eletrodomésticos.

Seu objetivo é regular o nível de ruído emitido por estes aparelhos, a partir de uma escala de 1 a 5, a fim de evitar problemas de saúde a seus usuários, além de orientar o consumidor na hora de escolher eletrodomésticos mais silenciosos, estimular os fabricantes a produzirem produtos com níveis de ruídos cada vez menores e melhorar a saúde do cidadão.

2. Regulamentação

  • Portaria INMETRO nº 430 de 16 de agosto de 2012;
  • Portaria INMETRO nº 388 de 06 de agosto de 2013.

3. Datas chave

  • 16/08/2012;

Publicação da Portaria INMETRO Nº430.

  • 06/08/2013.

Publicação da Portaria INMETRO nº388.

4. Características de aparelhos que precisam de certificação de Potência Sonora

A certificação de Potência sonora é necessária para aparelhos como secadores de cabelo, liquidificadores e aspiradores de pó, ou outros aparelhos que façam a função desses. Os níveis de ruídos máximos que os aparelhos podem chegar são:

— Aspirador de pó: 80 dB

— Secador de cabelo: 78 dB

— Liquidificador: 85 dB

 5. Modelos de certificação

A certificação de Potência Sonora é feita através do modelo 1, determinado como Ensaio de tipo, conforme descrito no item 6.3 deste RAC e no item 4.26.1 do RGCP.

6. Etapas da certificação

A certificação de potência sonora é composta de 4 passos:

  • Avaliação Inicial;
  • Solicitação Inicial;
  • Análise da Solicitação e da Conformidade da Documentação;
  • Ensaios Iniciais;

7. Ensaios aplicáveis

Aparelhos inclusos na certificação de Potência Sonora devem ser submetidos a ensaios que comprovem o nível de ruído informado pelo Fabricante.

8. Por quanto tempo meu certificado é válido?

O Certificado de Conformidade é válido por 12 (doze) meses.

9. Produto no ponto de venda

Os aparelhos que necessitam de poderão ser comercializadas apenas se possuírem, de forma clara e visível ao consumidor, o Selo de Ruído, pertencente ao Programa Nacional de Educação e Controle da Poluição Sonora – Silêncio.

♦ Agora que já sabe mais sobre Certificação de Produtos, qual será seu próximo passo?

Quero falar com um especialista em Certificação de Potência Sonora!

→ Quero saber mais sobre o ICBr!

Quero solicitar um orçamento!