exportar uma amostra

Como exportar uma amostra para o Brasil?

O envio de amostras do exterior para o nosso Laboratório pode ser feito de duas maneiras:

  1. Através de Courier  (DHL, Fedex, UPS, TNT e outros).
  2. Através de um processo de Importação/Exportação Formal : 2.1. utilizando o processo de nacionalização (quando as amostras não retornarão) e todos  os impostos e despesas serão cobrados; 2.2. utilizando o processo de Admissão Temporária (sem aplicação de impostos de importação, apenas despesas)

OBS: Se os passos deste procedimento não forem seguidos , existe o risco das seguintes penalidades para o importador: (I) apreensão da amostra e/ou (II) multa a ser paga pelo cliente e, consequentemente, atraso no processo de importação e no processo de certificação do produto.

1. Envio de amostras via Courier (DHL, Fedex, UPS, TNT e outros)

  • O cliente poderá enviar suas amostras via Courier para seu representante no Brasil ou diretamente para o Instituto de Certificações Brasileiro S/A (Nosso Laboratório CertLab)
  • O valor da mercadoria mais o frete internacional não pode ultrapassar US$ 3,000.00 , (portanto o valor total : da mercadoria + frete tem que ser menor que 3 mil dólares).
  • Limite de Peso : até 68 Kg .
  • Dimensões: 330 cm, é soma das dimensões comprimento + altura + profundidade < 330cm.
  • Forma de envio Courier: DDP (Duties and Delivery Paid). Usar esta opção no formulario Courier ou a amostra não será entregue.
  • Somente até 2 amostras por modelo, podem ser enviadas. Se você precisar enviar mais de duas amostras, você não deve utilizar o envio Courier. Vá para o item 2.
  • Junto com as amostras deve ser enviada uma Commercial Invoice (vide modelo abaixo).

comercial-invoice

IMPORTANTE:

Em todos os processos de envio de amostras para o Brasil, seja via Courier ou Importação/Exportação Formal, solicitamos que nos enviem os documentos previamente ao embarque das amostras para que possamos, juntamente com a Trading escolhida pelo cliente.Esse procedimento irá auxiliar e orientar nossos clientes para fazer os embarques de acordo com a Legislação Brasileira evitando perda de tempo, multas e aborrecimentos.

  • Somente amostras NOVAS podem ser transportadas via Courier, equipamentos usados não podem ser embarcados.
  • Cada amostra deve ser identificada com: Modelo, Pais de Origem e nome do Fabricante

Endereço do destino via Courier : do representante do cliente ou do nosso Laboratório, conforme segue:

INSTITUTO DE CERTIFICAÇÕES BRASILEIRO S/A
Rua Maestro Francisco Manoel da Silva,
Nr.71 –Bairro : Santa Genebra –
CEP 13080-190 –Campinas –SP –Brazil
Fone : 55 19 3578-0100
CNPJ 07.455.563/0001-13

Orientações

Após a emissão do Certificado o cliente poderá decidir sobre o destino das amostras entre a 3 opções abaixo:

retorno a origem;

a. Retorno a origem;

b. Permanência no Brasil;

c. destruição/descarte das amostras.

a. Retorno a Origem

Quando o cliente optar pelo retorno das amostras que foram importadas via Courier :

Para iniciar o processo, O cliente deverá enviar um e-mail ao Gerente da Conta solicitando a devolução mencionando :

  • Número da proposta
  • Endereço completo para devolução, contato, telefone e e-mail
  • Nome da empresa courier e Número da conta courier

O número de rastreio será informado tão logo o embarque seja feito.

b. Permanência no Brasil

No caso de opção pela permanência da amostra no Brasil, a amostra será enviada para o representante/escritório local. Por favor, informar o endereço completo, e-mail e telefone e nome do contato, se necessário.

c. Destruição/descarte das amostras

Se a decisão do cliente foi o descarte da amostra, esta informação deve ser dada ao Gerente da Conta por e-mail. O Laboratório CertLab irá providenciar o descarte/destruição conforme seu procedimento interno.

  1. Envio e devolução de amostras via Importação/Exportação Formal :

Para fazer o envio e devolução de amostras através de Importação/exportação Formal, o importador ou a Trading escolhida pelo cliente, precisa ter a licença da Receita Federal chamada:  RADAR (Rastreamento da Atuação dos Intervenientes Aduaneiros).

O cliente poderá fazer as importações e exportações utilizando seu próprio RADAR ou o RADAR do seu representante no Brasil caso esteja disponível, lembrando que todos os custos devem ser negociados e pagos diretamente para a trading escolhida pelo cliente.

Existem dois tipos de Importação/Exportação Formal:

  • Nacionalização (Todos os impostos e despesas serão aplicados)
  • Admissão Temporária (Não há impostos, mas há despesas)

OBS: qualquer que seja o tipo de Importação Formal escolhido pelo cliente a documentação referente a esta importação/exportação deverá ser enviada para a Trading responsável antes do embarque das amostras, e todas as despesas referentes a importação/exportação são de responsabilidade do cliente.

2.1 NACIONALIZAÇÃO

Neste tipo de importação/exportação não há limite de valor do equipamento que será enviado, nem peso , e nem dimensões.

Neste tipo de importação/exportação todas as despesas deverão ser pagas diretamente para a Trading escolhida pelo cliente, como por exemplo, os honorários da Trading, frete internacional, armazenagem, impostos de importação/exportação e outras.

Após a obtenção do Certificado as amostras poderão ser descartadas ou devolvidas para um representante do cliente no Brasil . Em ambos os casos todos os custos serão de responsabilidade do cliente e os valores envolvidos serão informados caso a caso.

2.2  ADMISSÃO TEMPORÁRIA

Os equipamentos poderão ficar no Brasil para teste durante o período máximo de 1 (um) ano.

Não há limite de valor do equipamento que será enviado, nem limite de peso, nem de dimensões.

Todas as despesas deverão ser pagas diretamente para a Trading escolhida pelo cliente, como por exemplo, os honorários da Trading, frete internacional, armazenagem e outras.

Os impostos de importação ficarão suspensos durante o período de testes e não precisarão ser pagos se o cliente optar pela devolução dos equipamentos para a origem, após a finalização do Certificado.

Após a conclusão da Certificação do produto, se o cliente optar pela permanência dos equipamentos no Brasil, os impostos de importação deverão ser pagos, além das despesas de importação citadas acima. Em ambos os casos, todos os custos serão de responsabilidade do cliente e os valores envolvidos serão informados caso a caso.

Após a conclusão da Certificação do Produto e utilizando a Admissão Temporária, se o cliente optar pela devolução da amostra, um e-mail formal deverá ser enviado ao Gerente da Conta informando :

  • Endereço completo do retorno
  • Nome do contato (e-mail e telefone)

Após o recebimento deste e-mail o processo de retorno será iniciado e o plano de retorno será informado ao cliente com o passo-a passo e todos os custos envolvidos.

Qualquer dúvida ou comentário, estamos a disposição para ajudá-lo!